Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2015

"Um passeio pelos Enxames"

Hoje, levantei-me cedo e fui dar a minha voltinha asfáltica, num belo dia primaveril, depois de um fim de semana em jejum. Pelas 07h15 já rolava na N.233 com intenção de ir tomar o cafezinho à Mata da Rainha e fazer uma visitinha à localizada num bonito vale entre as serras da Gardunha e da Canaveira, onde já há bastante não passo. A manhã, apesar de fresquinha, fazia adivinhar um belo dia solarengo, bem propício a um bom par de pedaladas. Passei pelos Escalos de Cima e desci a S. Gens para enfrentar a primeira subida do dia a S. Miguel d'Acha. Sempre pela N.233 cheguei ao cruzamento que dá acesso à Aldeia de Santa Margarida, para onde virei, cruzando a aldeia em direção à Mata da Rainha, onde parei para a matinal dose de cafeína. Pena é a estrada estar em mau estado até ao entroncamento com a N.345, já próximo do cruzamento para a Fatela. Já recomposto com a dose cafeínica, voltei ao pedal e pedalando pela bonita estrada panorãmica, repleta de impressionantes paisagens, a perder…

"Dois companheiros, duas bicicletas e uma aventura por terras de Riba Coa"

As pontas vão-se soltando naturalmente e o meu verdadeiro espírito, meio adormecido, vai-se reacendendo.
A minha bicicleta, companheira inseparável de imensas jornadas . . .essa, mantêm-se sempre fiel aos meus princípios e, apesar da idade ir avançando, também lhe quero ser fiel enquanto as "pernitas" o permitirem, o coração aguentar e a visão me deixar contemplar o horizonte. E ontem, foi dia de mais um passeio asfáltico, à laia de volta vadia, com a companhia do amigo Jorge Palma. Pelas 06h30, peguei na minha fragonete, já carregada com a minha "ézinha" e restante material e fui buscar o Jorge à porta da sua garagem. Carregámos a BMC e restante "tralha" e rumamos ao Sabugal, onde estacionamos no parque da Fonte Velha, a poucos metros da Tasca do Tó, já a pensar na bela da patanisca e do guloso panado em pão caseiro. Deixamos o Sabugal pela N233 com o céu carregado de nuvens, mas tínhamos a esperança que o site da "mentirologia" se mantivesse f…

"Passeio asfáltico pelo Chão do Galego e Foz do Cobrão"

Pelas 07h30 já rolava em direção ao Cabeço do Infante para tomar o cafézinho matinal no café Silva, onde sou sempre bem recebido. Antes passei pela Taberna Seca e depois de descer ao Rio Ocreza, subi aos Vilares em modo de aquecimento. Segui depois para a Catraia Cimeira, com passagem por Sarzedas, Vale d'Água e Monte Gordo, onde cheguei depois de vencer a bonita subida da Ribeira do Alvito. Ali virei à esquerda para o Chão do Galego e desci às Rabacinas, continuando até ao Sobral Fernando, parando na ponte sobre o Rio Ocreza para desfrutar um pouco daquela bonita panorâmica. Passada a ponte subi pelas terríveis ruelas empedradas da Foz do Cobrão e sempre em sentido ascendente, cheguei ao bonito miradouro do vale do Cobrão, onde a paragem é obrigatória para apreciar as bonitas paisagens sobre as portas de vale Mourão. Entretanto levantou-se uma forte ventania que tive de vencer até  Castelo Branco. Passei o Chão das Servas, Sarnadinha e Alvaiade e desci a Vila velha de Rodão por…