Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2014

"Fundão, via S. Vicente da Beira"

Mais um sábado asfáltico, desta vez com a volta programada para uma passagem pelo Fundão, via S. Vicente da Beira. Na Rotunda da Racha, onde habitualmente me junto à malta para estas pedaladas asfálticas, compareceram também o Álvaro Lourenço, Jorge Palma e Paulo Jales. Saímos da cidade, pouco depois das 8h em direção ao Modelo, onde entrámos na N.18, que seguimos até Alcains. Já na N.352 rumámos a Tinalhas, com passagem pela Póvoa de Rio de Moinhos. Hoje, a braços com a forte ventania que se fez sentir durante toda a manhã, pedalar tinha uma dificuldade acrescida e para mim, com as carbónicas de 50 mm, quase que aprendi uma nova dança. Mas tudo bem, apenas um pouco mais de concentração e cuidado nas distancias. Continuámos até S. Vicente da beira, onde parámos na Pastelaria Amoroso, para a matinal dose de cafeína, e na parte que me toca, com um pack, onde incluía o pastelinho de nata. Dois dedos de conversa e continuámos a nossa volta de hoje, com o Álvaro a deixar a nossa companhia…

"Btt em estado puro"

Hoje, nem era dia de ir para o campo. Tinha inicialmente planeado uma voltinha asfáltica, ali para os lados do Rio Aravil. Mas ontem, o Álvaro deu-me "um toque", pois tinha uma folga para dar uma voltinha de bike. Como aproveito quase sempre a oportunidade de uma boa companhia, como a do Álvaro, propus-lhe uma das minhas voltas vadias. Porreiro . . . "Habemus Companheiro!!!" Como tenho sempre uns rascunhos guardados na gaveta, resolvi ir dar umas pedaladas para a zona do Rio Erges, pelas suas inóspitas encostas, outrora rasgada de fantásticos trilhos, que hoje constatei terem já desaparecido uma grande parte deles, pelo menos dos que conhecia, pois já há uns bons anitos que por ali não pedalo, vá-se lá a saber porquê! Talvez pelas "vacas loucas", em estado selvagem, maioritariamente já abatidas. Não havia pressa, nem stress. Apenas a curiosidade de por ali voltar a dar umas pedaladas. 8 horas, foi a hora escolhida para o Álvaro se encontrar comigo, na mi…

"Ninho do Açor pela Serra de São Brás"

Esta semana andei entretido a fazer uma revisão completa à minha "touring bike", preparar a montagem da "albarda" para levar os alforges, pois vai levar o dono a uma fantástica passeata, muito em breve. Ver coisas lindas em completa autonomia! Hoje, foi dia de dar uma voltinha com ela para ver se estava tudo em ordem e me habituar de novo  à sua geometria de roda 26. Fui ter às Docas para o passeio dominical e comigo, compareceram o Dário Falcão, Luís Lourenço, Nuno Eusébio, Abílio Fidalgo e Pedro Barroca. Saímos da cidade pela Milhã em direção à Tapada das Figueiras. Rumámos depois ao Penedo Gordo e descemos à Ponte de Ferro, para enfrentarmos a primeira dificuldade do dia à Capela de S. Lourenço. Passámos pelo Palvarinho em direção ao Salgueiro do Campo, mas não chegámos a entrar, propriamente dito, na povoação, seguindo para a Cruz das Almas e passadouras do Tripeiro. Aqui efetuámos a primeira paragem do dia para comermos algo enquanto púnhamos a conversa em di…

Vilar Barroco

Depois de mais uma semana a vê-los passar, lá fui hoje dar uma voltinha asfáltica. Compareci na Rotunda da Racha, pelas 08h00, onde apenas tinha a confirmação do Vasco Soares, de que iria comparecer. Entretanto aparece o Pedro Barroca e a malta começa a chegar. Miguel Almeida, Ricardo Santos, Nuno Eusébio, Luís Lourenço, Vasco Soares e Jorge Palma. Já éramos oito, um bom grupeto. Quando saí de casa, com a vontade de ir da umas pedaladas tranquilas até Vilar Barroco. Não foi bem como tinha planeado, mas foi ótimo! A malta alinhou, apenas o Luís Lourenço, regressou por outro percurso, com receio de não chegar a horas, pois tinha compromissos. Abandonámos a cidade em direção ao Salgueiro do Campo e subimos à Foz do Giraldo, com passagem pela Lameirinha. O Luís mudou de rumo ao cruzamento do Padrão, acompanhado pelo Jorge Palma e Nuno Eusébio, que mais tarde resolveram ir ao nosso encontro no Orvalho. Na Foz do Giraldo, seguimos pela M.238 até ao cruzamento para as Sarnadas de S. Simão, …

"Rota dos Tordos"

Já começa a ser uma clássica! Uma voltinha de btt, para abrir o apetite, seguido de uma valente tertúlia, almoçarada e lancharada, que até dispensa a jantarada. O convite foi feito pelo Carlos Ventura e pelo Juca e eu, como não poderia deixar de ser, tinha que estar presente. Já tive por mais que uma vez, a oportunidade de acompanhar esta rapaziada, e gosto da forma como abordam este salutar desporto. Desta vez, tínhamos uns belos tordos, umas grelhadas e um arrozinho de "marreco" para "mandar abaixo". Juntámo-nos pelas 08h00 junto à Praça Rainha D. Leonor, e pouco depois, um bem formado grupo de bons "atletas lúdico/gastronómicos" partiram para os trilhos, em busca de uma boa dose de apetite, para a segunda parte desta fantástica tertúlia, à qual se juntariam mais tarde, as "Marias" e "filharada"! Pouco depois abandonámos a cidade e seguimos pela estradinha da Fonte Santa, em direção à Fonte da Mula. Ladeámos o novo aeroporto e saímo…