Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2013

"Do Rio Ocreza ao Rio Tejo"

Já há bastante tempo que andava para editar estes trilhos. De cada vez que passava pela ponte nova sobre o Rio Ocreza e olhava aqueles trilhos à meia encosta sobre o rio, dizia para comigo mesmo . . . tenho que pedalar naqueles trilhos. As paisagens que dali se poderiam desfrutar não deixariam dúvidas, quando à sua beleza!!! Já desde o ano passado que andava a planear uns trilhos pela zona, mas deparava-me sempre com a possível dureza do percurso., até que . . . dureza, ou não dureza . . . vamos a isto!!! Aproveitando a disponibilidade do meu amigo Dário Falcão, fomos à descoberta de novos trilhos e novas paisagens, prontos para desfrutar de mais uma volta vadia, em busca de aventura e evasão. A viatura do Dário levou-nos até ao Perdigão, onde demos início a este "brutal" percurso. Pelas 08h estávamos no Café/Padaria do Perdigão a bebericar o cafezinho matinal, para abrir um pouco mais a pestana e dar um pouco de pica para iniciarmos a nossa aventura. Cruzámos a aldeia e se…

"Natureza selvagem"

Não resisto a uma boa jornada de aventura e evasão.
A previsão para o passado domingo era animadora e com ela, a vontade de ir vadiar com a minha "santa" começou a tomar forma. Tenho uns quantos trilhos em outras quantas zonas para editar, como costumo chamar-lhe. Escolhi desta vez o bonito Alentejo e como local de partida e chegada, a belíssima vila de Castelo de Vide. Convidei o meu irmão Luís para esta aventura e acabaram por se juntar a nós o Nuno Eusébio e o Zé Luís, que vieram animar e enriquecer ainda mais esta voltinha vadia. O meu irmão foi diretamente da Sertã para Castelo de Vide e eu e o Zé Luís fomos na viatura do Nuno Eusébio. Juntámo-nos na Pastelaria Sol Nascente e começámos a manhã com uns "kisses", pastel xxl tradicional de nata e gila, que acompanhámos com o cafezinho da praxe. Preparámos as bikes e restante material e partimos à aventura, em busca de novos trilhos e outras paragens. Saimos da vila por uma das suas estreitas ruelas e entrámos na …